Artigos

A Queda da Humanidade: Avanço (4/5) - Michael Lawrence

Postado em: 07/03/2016

Um dos principais enganos que nós fazemos a respeito da história bíblica da Queda é pensar nela somente como um trágico evento histórico que aconteceu no passado, analogicamente ao tsunami no natal de 2004, porém com proporções bíblicas. O problema desse modo de pensar é que nós estamos acostumados a retomar as nossas vidas e nos recuperar de tais obstáculos. Bastante tempo e muito esforço...

Saiba mais
Não Farás para Ti Imagem de Escultura - R. C. Sproul Jr.

Postado em: 02/07/2015

Apesar de todas as diferenças que (corretamente) nos separam, nós temos muito em comum com o catolicismo romano. Roma afirma os grandes credos ecumênicos do primeiro milênio. Afirma a Trindade, assim como o nascimento virginal e a ressurreição de Cristo. Afirma que a Bíblia é a Palavra de Deus. Uma coisa que não temos em comum, todavia, são os Dez Mandamentos. Para deixar claro, as Bíblias católico romanas...

Saiba mais
Pecado, Pecadores e Arrependimento - John Gill

Postado em: 03/11/2009

O objeto do arrependimento é o pecado. Por isso, é chamado de “arrependimento de obras mortas” (Hb 6.1), que o pecado produz. Dessas obras o sangue de Cristo purifica a consciência de um pecador arrependido, trazendo-lhe paz e perdão (Hb 9.1). (1) Primeiramente, tem de haver arrependimento não somente de pecados grosseiros, mas também de pecados menores. Há diferenças entre os pecados. Uns são maiores, outros,...

Saiba mais
O Mistério da Iniqüidade - R. C. Sproul

Postado em: 15/10/2009

O problema clássico da existência do mal tem sido chamado o tendão de Aquiles da fé cristã. Filósofos como John Stuart Mill têm argumentado que a existência do mal demonstra que Deus não é onipotente, nem bom, nem amoroso. O raciocínio é que, se o mal existe à parte do soberano poder de Deus, então, por lógica irresistível, Deus não pode ser considerado onipotente. Por outro...

Saiba mais
A Maldição do Homem Moderno - A. W. Tozer

Postado em: 16/04/2006

Existe uma maldição antiga que permanece conosco até hoje — a disposição da sociedade humana de ser completamente absorvida por um mundo sem Deus. Embora Jesus Cristo tenha vindo a este mundo, este é o pecado supremo dos incrédulos, o qual levou o homem a não sentir — nem sentirá — a presença dEle que permeia todas as coisas. O homem não pode ver a verdadeira Luz, tampouco pode ouvir a voz do...

Saiba mais
Perniciosos Efeitos da Incredulidade - John Flavel

Postado em: 10/07/2004

Menos fé, mais medo. O medo é produzido pela incredulidade; a incredulidade é fortalecida pelo medo. Assim como na natureza existem ciclos observáveis (o vapor produz chuvas, e as chuvas se tornam vapores novos, etc.), assim também ocorre com os assuntos morais. Conseqüentemente, toda a habilidade do mundo não pode nos curar da enfermidade do medo, até que Deus nos cure de nossa incredulidade. Por isso, o Senhor Jesus utilizou o...

Saiba mais
Pecado - D. M. Lloyd Jones

Postado em: 23/04/2003

Ninguém jamais terá uma concepção verdadeira do ensino bíblico sobre a redenção, se não possuir clareza de entendimento sobre a doutrina bíblica do pecado. E essa é a razão por que muitas pessoas, em nossos dias, são inseguras e vagas em suas idéias a respeito da redenção. A idéia mais comum é a de que o Senhor Jesus é um tipo de amigo ao qual todos podem recorrer...

Saiba mais
«12