• Envie para um amigo

    Favor Preencher
    Favor Preencher
    Insira um Email Válido
Artigo

A necessidade de documentos para a plantação de igrejas

Joel Kurz 30 de Outubro de 2017 - Igreja e Ministério

Nós esperamos três anos para colocar os documentos da igreja em ordem, e sofremos por isso.

Tínhamos uma declaração de fé: precisávamos de uma para o financiamento — mas não sabíamos como usá-la. Ninguém jamais nos encorajou a adotar (e levar a sério) uma constituição ou um pacto da igreja. Mesmo que o fizessem, eu não teria ouvido.

Os documentos da igreja pareciam desatualizados e rígidos. Eu queria alcançar as pessoas que aquelas “outras igrejas” não estavam alcançando. Queria as pessoas que não gostavam da igreja, as pessoas que procuravam algo diferente.

Três anos depois, colocamos os documentos em ordem — e isso foi doloroso.

Naquela época, atraímos um grupo de pessoas, muitas das quais desprezavam a igreja local. Sabíamos que éramos contra igrejas legalistas e rígidas, mas não sabíamos que tipo de igreja queríamos nos tornar. Tudo parecia gerar discussão e debate, inclusive a inerrância da Escritura e a expiação substitutiva. Sem nenhum conceito, ou habilidade, para exercer a disciplina eclesiástica, o pecado permanecia descontrolado. Os desafios não funcionavam porque todos apelavam para a preferência pessoal e propunham “concordar em discordar”.

Após três anos, ficou bastante claro que estávamos afundando. Se a oração de Jesus foi pela unidade na igreja, seu pedido não parecia estar sendo atendido na nossa.

Finalmente, colocamos alguns documentos no lugar. Nossa declaração de fé assumiu um papel proeminente ao estabelecer o que a igreja cria sobre o ensino da Bíblia. Após muitas conversas e muita pesquisa, estabelecemos uma constituição da igreja. Encontramos um pacto de igreja testado pelo tempo que simplesmente delineava o que a Bíblia requer de todos os crentes.

E nos meses seguintes muitas pessoas saíram, algumas irritadas, outras frustradas.

Portanto...

Plantadores de igrejas, não esperem três anos para colocar alguns documentos em ordem!

A igreja é uma instituição contracultural

Um restaurante pode ser organizado de cem maneiras diferentes. O melhor da sabedoria humana pode organizar uma excelente organização sem fins lucrativos. Mas somente Jesus pode organizar a igreja local. A Bíblia é onde encontramos seus princípios organizadores, e deixe-me lhe dizer: a igreja é verdadeiramente a instituição contracultural!

À medida que você lê as responsabilidades que os membros da igreja têm uns para com os outros em passagens como 1 Coríntios 5 ou as qualificações da liderança em 1 Timóteo 3, percebe profundamente que “agir de improviso” (como minha mãe diria) enquanto organiza uma nova igreja simplesmente não funcionará. Sem diretrizes bíblicas claras, a nova igreja plantada pode muito bem se misturar com a cultura pop e crescer de maneiras menos do que úteis.

Confusão teológica

Traçar linhas teológicas parece contraintuitivo em nossa era pós-moderna. Contudo, plantações de igrejas não se inclinam naturalmente para a ortodoxia. Não estabelecer linhas doutrinárias desde o início faz com que a igreja se afaste da unidade, integridade e da verdade revelada de Deus. Como resultado, a igreja em desenvolvimento provavelmente será distraída por debates intermináveis ??sobre questões fundamentais, como a inerrância e a expiação substitutiva, em vez de se envolver no que o plantador realmente deseja se envolver: na missão!

Instabilidade eclesiológica

Quem lidera a igreja? Quem é um membro da igreja e o que é requerido dele? Quem pode servir na igreja? Antes de nossa igreja ser organizada, a diversidade de respostas que recebemos para essas questões foi tremenda. O sistema bíblico de governo da igreja em geral é contracultural na sociedade. Presbíteros do sexo masculino, autoridade congregacional (para nós, batistas), uma membresia da igreja batizada e regenerada — estas não são ideias que apenas sugerimos por nós mesmos. Uma igreja sem princípios norteadores sobre o governo da igreja provavelmente guiará a si mesma para longe da fidelidade bíblica.

Ambiguidade moral

O que é requerido de um membro da igreja e quem o determina? Uma plantação de igreja sem documentos estabelece o seu novo rebanho em confusão. Um homem e uma mulher que vivem juntos sem serem casados podem se tornar membros? Um homem que vive em pecado aberto e impenitente pode servir em um ministério público? Como lidamos com uma irmã que se revolta contra Jesus?

Sem documentos bíblicos claros, as plantações de igrejas tenderão ao legalismo ou à licenciosidade. Quanto ao legalismo, elas podem impor aos seus membros demandas espirituais que o próprio Jesus não coloca sobre eles. Por outro lado, seus membros podem se entregar ao pecado, adotando um estilo de vida licencioso e sem controle.

Porque pessoas pecadoras são chamadas a plantar e organizar igrejas locais, precisamos de princípios norteadores que transcendam a sabedoria humana. Precisamos de diretrizes bíblicas desde o início.

Isso é uma igreja, e quem precisamos nos tornar

Como pastor, muitas vezes tenho a oportunidade de aconselhar casais de noivos. Como parte do nosso aconselhamento pré-matrimonial, sempre explico em detalhes as expectativas e os requisitos do casamento. Você pode imaginar alguém se casar e descobrir as expectativas e os requisitos do casamento três anos depois?

A falta de previsão e clareza quanto ao que a igreja é, e ao que a igreja faz, levará a infinitas divisões. Responder a essas divisões com documentos (três anos depois) parecerá reacionário e pessoas sairão. Começar com os documentos afirmará desde o princípio: “Isso é o que a igreja é, e isso é o que precisamos nos tornar”.

Ter documentos desde o princípio afirma: “Somos um povo do Livro”.

Às vezes, as pessoas perguntam: a Bíblia não é suficiente?

Bem, em um mundo sem pecado, talvez, todos nós concordaríamos sobre o que a Bíblia ensina. Mas em um mundo caído abundam várias interpretações. Documentos biblicamente saturados comunicam que a visão de uma igreja é ser “edificada sobre o fundamento dos apóstolos e profetas” (Ef 2.20).

Ao finalmente estabelecer documentos, fomos capazes de falar de modo claro ao povo que Deus nos deu: “Isto é o que cremos que a Bíblia diz, e é neste fundamento que permanecemos. Não apenas reconhecemos a necessidade da liderança bíblica da igreja, mas nós a explicamos. Em última análise, nossos documentos detalham e lançam uma visão de quem nós, como uma igreja, nos tornaremos. Não apenas admitimos que a Bíblia requer integridade pastoral, mas formalmente nos colocamos sob a prestação de contas da igreja. Esses documentos fornecerão a você, igreja, proteção contra plantadores de igrejas rebeldes, covardes e autoritários. Não apenas discutimos o que é a membresia, mas detalhamos o que Deus requer do cristão — e o que nós, como igreja, esperamos. Esses documentos fornecem ajuda instantânea quando lidamos com casos de pecado impenitente e disciplina eclesiástica. Eles oferecem uma visão do discipulado para cada um dos membros da nossa equipe de plantação de igrejas, bem como para novos convertidos. Não apenas pregamos Gálatas 1.6 (que não devemos passar para um outro evangelho), mas usamos esses recursos para articular o que o único e verdadeiro evangelho é. Esses documentos servem para proteger a igreja de falsos mestres e lobos”.

Ferramentas para o discipulado

A Bíblia instrui as igrejas a se organizarem de uma maneira que se contraponha à cultura atual e à sabedoria caída. Por isso, a plantação de igrejas precisa de documentos.

“Nós, como igreja, crescemos significativamente em saúde espiritual, uma vez que votamos naqueles documentos”, disse um membro que esteve conosco desde o início. Isso mudou a nossa igreja e mudou os nossos membros. Enquanto alguns saíram, outros responderam de modo positivo, abraçaram a visão bíblica, submeteram-se à igreja local e cresceram. A plantação de igrejas está relacionada a fazer discípulos, e documentos são ferramentas úteis para fazer discípulos.

 

Tradução: Camila Rebeca Teixeira

Revisão: André Aloísio Oliveira da Silva

Original: Church Planters, Don’t Wait To Put Your Documents in Place!

Hits: 866


O leitor tem permissão para divulgar e distribuir esse texto, desde que não altere seu formato, conteúdo e / ou tradução e que informe os créditos tanto de autoria, como de tradução e copyright. Em caso de dúvidas, faça contato com a Editora Fiel.

Receba nossas Notificações



Joel Kurz
Autor Joel Kurz

Joel Kurz é o pastor principal da The Garden Church em Baltimore, Maryland.



9Marks
Parceiro 9Marks

O Ministério 9Marks tem como objetivo encorajar as igrejas e seus líderes a cultivarem um ministério saudável, através da...