• Envie para um amigo

    Favor Preencher
    Favor Preencher
    Insira um Email Válido
Artigo

O papel de sua igreja frente à urgência das missões

David Platt 17 de Abril de 2017 - Igreja e Ministério

Hoje, existem mais de 7 bilhões de pessoas no mundo. Missiólogos estimam que mais de 2,8 bilhões dessas pessoas têm pouco ou nenhum acesso ao evangelho. Na prática, isso significa que bilhões de pessoas estão nascendo, vivendo suas vidas inteiras e morrendo sem nunca ouvir as boas novas do evangelho de Jesus Cristo. Essa realidade não pode ser tolerável aos pastores e ao povo de Deus na igreja.

Com isso em mente, queremos compartilhar 5 coisas que sua igreja — não importa o tamanho, localização ou situação — pode fazer para se envolver em missões mundiais para Deus.

1. Ensine a Palavra de Deus ao seu povo, informando-lhes como viver no mundo.

George Pentecost escreveu uma vez: Ao pastor pertence o privilégio e a responsabilidade do problema missionário”. Pentecost afirmava que os conselhos missionários poderiam (e deveriam) fazer o que desejassem — organizar métodos, criar movimentos e arrecadar dinheiro — mas é responsabilidade e privilégio dos pastores sentir o fardo das nações e acender uma chama pela glória mundial de Deus em cada igreja local.

De capa a capa na Bíblia, Deus mostra a sua paixão pela sua glória em todas as nações. Portanto, pastores, ensinem a Palavra de Deus ao seu povo e façam-no ver que o coração de Deus pelas nações é revelado nas páginas da Escritura. Então, ao estudar a Palavra de Deus, certifique-se de aplicá-la à luz das urgentes necessidades espirituais e físicas que nos rodeiam no mundo. Estamos cercados por povos perdidos que falam línguas diferentes em diferentes nações, e eles precisam da esperança que só pode ser encontrada em Jesus Cristo. Pastores e líderes da igreja, ajudem o seu povo a ver o coração de Deus para o mundo em sua Palavra e deixem que a Palavra molde e informe como o seu povo vive no mundo.

2. Comprometa-se com a oração e o jejum corporativos.

Enquanto a igreja em Antioquia jejuava e orava, Deus separou Paulo e Barnabé para levarem o evangelho aos gentios (Atos 13.1-3). Para muitas igrejas locais, oração e jejum semelhantes a esses são suplementares. Mas no Novo Testamento, oração e jejum como esses eram fundamentais para o povo de Deus quando se engajavam em missões. Hoje, através da oração corporativa, as igrejas locais podem assumir um papel ativo no dever da Grande Comissão.

Pela graça de Deus, recursos úteis como Operation World, Peoplegroups.org e Joshua Project foram desenvolvidos para ajudar e assistir as igrejas enquanto intercedem em favor dos povos e regiões não alcançados em todo o mundo. A intercessão é o meio pelo qual nos unimos na atividade diária de Deus na vida de outras pessoas, e isso inclui pessoas em nossos bairros e povos ao redor do mundo que talvez nunca encontremos. Por meio da oração, Deus concede que igrejas locais se unam a ele na obra reconciliadora que está realizando agora entre muçulmanos, hindus, budistas e pessoas de todas as religiões ao redor do mundo. A oração e o jejum fervorosos são uma maneira vital das igrejas locais estarem envolvidas na missão de Deus entre as nações.

3. Doe sacrificialmente.

Uma das formas mais práticas para as igrejas locais se envolverem em missões mundiais é através da doação sacrificial. Deus abençoou muitas igrejas locais com recursos financeiros cuja administração cuidadosa e doação sábia podem ajudar a fazer discípulos e plantar igrejas em todo o mundo. Independentemente do tamanho da igreja ou da composição sócio-econômica da congregação, todo o corpo local pode estar envolvido no avanço do evangelho através da doação sacrificial de recursos financeiros.

No Novo Testamento, há exemplos de congregações locais que dão apoio às igrejas locais em diferentes locais geográficos (Romanos 15.25-28), bem como de igrejas locais que doam a partir da sua pobreza e de modo sacrificial acima do seu poder para apoiar o avanço do evangelho (2 Coríntios 8.1-4). Hoje, as igrejas locais podem usar seus recursos financeiros para apoiar organizações missionárias centradas no evangelho. Elas também podem doar de modo mais específico para atender às necessidades de irmãos e irmãs perseguidos ou para contribuir com projetos de formação de discípulos e de plantação de igrejas entre povos não-alcançados. Essa lista de causas dignas relacionadas com missões mundiais é interminável. Doar sacrificialmente à missão mundial permite que toda a igreja esteja envolvida. Crianças, jovens, adultos e idosos podem contribuir juntos para a expansão do evangelho até aos confins da terra.

4. Esforce-se para cuidar, servir e ser uma bênção para os missionários transculturais.

Deus tem capacitado de modo singular as igrejas locais para cuidarem e oferecerem hospitalidade aos missionários. Independentemente de sua igreja local ter enviado um missionário, você é capaz de oferecer cuidados, apoio e encorajamento aos missionários transculturais. Algumas das maneiras práticas pelas quais as igrejas locais podem cuidar melhor e apoiar os missionários são:

• Comprometa-se com a comunicação regular (e-mail, telefone, mensagens de texto, Skype, etc.).

• Envie mantimentos e doações.

• Ajude nas licenças e atividades dentro do país (forneça casa, veículo, celular, ajuda com escolas, cuidado com as crianças e ofereça o tempo de folga com ênfase em descanso e retiro).

• Dê-lhes a oportunidade de testemunhar e compartilhar em um ambiente congregacional quando eles retornam e visitam.

• Ouça e demonstre o seu interesse e empenho no trabalho deles.

A vida no campo missionário pode ser desafiadora, exaustiva e difícil. No meio do estresse e das lutas, muitos missionários frequentemente se sentem desconectados e esquecidos pela igreja que os envia. Portanto, uma das maneiras mais práticas pelas quais as igrejas locais podem se envolver em missões mundiais é esforçando-se para cuidar, servir e ser uma bênção para os missionários transculturais.

5. Envie discipuladores qualificados ao exterior.

Talvez a maneira mais óbvia de igrejas locais se envolverem em missões mundiais seja enviando discipuladores qualificados e capacitados para participarem diretamente do trabalho da Grande Comissão. Em nível local, isso inclui a liberação de pessoas em sua cidade para visitar os vizinhos, colegas de trabalho e membros da família perdidos. Os crentes não farão no exterior o que não fazem no contexto local, então o ponto de partida para as missões deve começar nas comunidades locais.

Assim, enquanto homens e mulheres estão fazendo discípulos onde vivem, faça um apelo periódico para que alguns deixem a sua comunidade local para ir às nações. Sob a direção do Espírito de Deus, isso levará a sua igreja a enviar pessoas a curto, médio e longo prazos para proclamarem o evangelho, fazer discípulos e contribuir com os esforços de plantação de igrejas entre pessoas e regiões não-alcançadas.

A igreja local é o meio que Deus usará para a propagação do evangelho até aos confins da terra. Em um mundo cheio de bilhões de pessoas perdidas, muitas das quais nunca ouviram o evangelho, é inaceitável que as missões mundiais sejam relegadas a um programa compartimentado na igreja para algumas poucas pessoas. Certamente Deus está chamando toda a sua igreja para estar envolvida em maneiras estratégicas de fazer a sua glória conhecida entre as nações. Nossa oração e desejo é que cada vez mais pastores assumam o privilégio e a responsabilidade que Deus tem dado às igrejas locais em sua missão mundial.

 

Tradução: Camila Rebeca Teixeira

Revisão: André Aloísio Oliveira da Silva

Original: 5 Ways Your Church Can Get Involved in Global Missions Starting Tomorrow

Hits: 2284


O leitor tem permissão para divulgar e distribuir esse texto, desde que não altere seu formato, conteúdo e / ou tradução e que informe os créditos tanto de autoria, como de tradução e copyright. Em caso de dúvidas, faça contato com a Editora Fiel.

Receba nossas Notificações



David Platt
Autor David Platt

David Platt é pastor e escritor norte-americano. Platt se formou em jornalismo na Universidade da Geórgia. Ingressou no...



9Marks
Parceiro 9Marks

O Ministério 9Marks tem como objetivo encorajar as igrejas e seus líderes a cultivarem um ministério saudável, através da...