A importância das testemunhas descritas em Mateus 18.16  Stephen Matteucci Lançamentos Fiel - Julho Faça parte desse projeto Jovens2017 Ide e fazei discípulos  R. C. Sproul
<b>Perspectiva do Antigo Testamento</b><br>Gaspar de Souza Perspectiva do Antigo Testamento
Gaspar de Souza
<b>O Missionário e a Igreja</b><br>Clodoaldo Machado O Missionário e a Igreja
Clodoaldo Machado
<b>A Doutrina de Deus na<br>Teologia Reformada</b><br>R. C. Sproul A Doutrina de Deus na
Teologia Reformada

R. C. Sproul
Artigos
A importância das testemunhas descritas em Mateus 18.16
Stephen Matteucci

Não é fácil estar envolvido na disputa de outra pessoa. De fato, não é sequer seguro. Provérbios diz: “Quem se mete em questão alheia é como aquele que toma pelas orelhas um cão que passa” (Provérbios 26.17). Ainda assim, Jesus sabe que algumas vezes o cachorro tem que ser segurado pelas orelhas, porque qualquer briga entre dois membros de uma igreja é, em certo sentido, sua própria briga (veja...
Saiba mais

Por que abrandar a necessidade de arrependimento prejudica os pobres
Mez McConnell

Precisamos dar duro em nossa explicação do arrependimento bíblico verdadeiro quando trabalhamos com os pobres (ou com qualquer pessoa). Sentir-se mal por ter feito algo errado e arrepender-se dos pecados são dois atos completamente diferentes que produzem dois frutos duradouros muito diferentes na vida da pessoa. O pecado é algo sério para Deus e nos separa dele. O arrependimento significa dar as costas para aquele pecado. A dificuldade pastoral aparece...
Saiba mais

Tornei-me o pastor de uma nova igreja: o que devo fazer?
Brian Croft

Muitos dos erros e atitudes equivocadas que um pastor comete em uma igreja quando se torna seu novo pastor decorrem de uma falta de conhecimento sobre o que fazer. A ausência de um pensamento claro sobre esta questão faz com que um pastor ouça todos os tipos de vozes diferentes e rapidamente reaja ao que ele encontra e ouve em sua igreja. Alguns dizem que tudo deve mudar imediatamente. Outros exortam o pastor a olhar para fora da igreja em busca de novidade. Se um pastor...
Saiba mais

Você compreende João 3.16?
John MacArthur

João 3.16 pode ser ou não o versículo mais conhecido em toda a Escritura, mas é certamente um dos mais usados ??e menos compreendidos. O versículo é tão conhecido que a referência por si só é considerada por alguns como uma proclamação suficiente do evangelho. Arminianos extraem a frase “Deus amou o mundo de tal maneira” de seu contexto e a utilizam como um argumento para a expiação...
Saiba mais

Como fazer de sua igreja local uma comunidade cativante
Jamie Dunlop

Periodicamente, os pastores leem A Comunidade Cativante e, em seguida, nos perguntam por onde começar a colocar as suas ideias em prática. Aqui estão três meditações para sua consideração: 1. Faça de sua igreja uma “auditoria de cristianismo nominal”. A Comunidade Cativante trata da comunidade “reveladora do evangelho” em uma igreja onde as relações testificam o poder do evangelho, porque elas...
Saiba mais

João 3.16 implica em três aspectos da pregação do evangelho
Cornelis Venema

Na América do Norte contemporânea, é comum ver pessoas em eventos esportivos segurando um cartaz com “João 3.16” escrito em letras grandes. Conquanto essa possa não ser a estratégia evangelística mais eficaz, ela testemunha uma verdade importante. Nenhuma passagem na Bíblia sustenta com mais poder o imperativo bíblico para anunciar a boa notícia a respeito de Jesus Cristo a todos os pecadores do que essa. Mesmo se o...
Saiba mais

Voltemos ao Evangelho
24
Ago
2016
Que palavras devem ser ditas em um culto fúnebre?

Uma boa regra de ouro é sempre cuidar para que Deus fale antes de você. Tenha em mente isto: embora existam diferentes tipos de pessoas presentes no funeral, todos estão, cada um do seu modo, perguntando: “Deus, por quê?”. O post Que palavras devem ser ditas em um culto fúnebre? apareceu em Voltemos Ao Evangelho.
 Saiba mais
24
Ago
2016
3 maneiras de fazer de sua igreja uma comunidade cativante

Periodicamente, os pastores leem A Comunidade Cativante e, em seguida, nos perguntam por onde começar a colocar as suas ideias em prática. Aqui estão três meditações para sua consideração O post 3 maneiras de fazer de sua igreja uma comunidade cativante apareceu em Voltemos Ao Evangelho.
 Saiba mais
24
Ago
2016
24 de agosto – Devocional Diário CHARLES SPURGEON

Versículo do dia: Subirá diante deles o que abre caminho. (Miquéias 2.13) O post 24 de agosto – Devocional Diário CHARLES SPURGEON apareceu em Voltemos Ao Evangelho.
 Saiba mais
23
Ago
2016
Ressurreição: uma verdade vital para o cristianismo

Paulo não pregou a ressurreição porque ela era popular. Ele a pregou porque ela é verdadeira. A ressurreição de Jesus confirmou o julgamento que vem, mas também assegurou bênçãos para os que não mereciam. Por mais que agrade a Deus usar essa verdade nas vidas dos que não creem, a missão da igreja permanece a mesma – dizer aos outros que Jesus foi levantado dos mortos. O post Ressurreição: uma verdade vital para o cristianismo apareceu em Voltemos Ao Evangelho.
 Saiba mais
23
Ago
2016
Levítico e a homossexualidade

O que quer que possamos concluir sobre a aplicabilidade dessas leis nas sociedades modernas, elas se aplicam dentro da igreja. Como Israel, a igreja é uma comunidade santa, habitada pelo Espírito de Deus. Idolatria e pecado sexual impenitente são profanações morais da habitação do Senhor, a igreja que é una, santa, católica e apostólica. O post Levítico e a homossexualidade apareceu em Voltemos Ao Evangelho.
 Saiba mais
23
Ago
2016
Meditações sobre o amor de Deus

Não há lugar para orgulho humano na doutrina do amor de Deus, mas somente para humildade sóbria, profunda gratidão e reverência serena de um coração fiel e obediente. O post Meditações sobre o amor de Deus apareceu em Voltemos Ao Evangelho.
 Saiba mais
23
Ago
2016
23 de agosto – Devocional Diário CHARLES SPURGEON

Versículo do dia: Nunca mais se ouvirá nela voz de choro. (Isaías 65.19) O post 23 de agosto – Devocional Diário CHARLES SPURGEON apareceu em Voltemos Ao Evangelho.
 Saiba mais